Seguidores

quarta-feira, 14 de maio de 2008

bincadeira!!!!!

Já sei que ando impossível. Todos temos dias assim, já que não podemos discutir connosco mesmos, discutimos com o gato, com o cão, com a vizinha do lado, com o homem que não pára na passadeira........Claro que não vou discutir com o gato e com o cão porque não os tenho, a vizinha do lado nunca a vi, nem devo, claro está; o homem na passadeira, só se for eu a passá-lo por cima.......realmente só se arranjar alguém para criticar......os meus amigos claro está.....querem melhor desculpa do que esta!!!!!Mas...a brincar, a brincar fazem-se e dizem-se coisas muito sérias.........
Às vezes, fazemos coisas que não lembram ao diabo, se é que ele existe! Poupadinha como sou, levei uma sandocha para o local de trabalho. Não é que o senhor das limpezas achou por bem deixar a sala limpa e colocou o meu jantar no lixo? Que remédio não tive eu de ir meter a mãozinha no saco do lixo e ir buscar o saco (a sorte é que estava devidamente embrulhada em papel de aluminio e dentro de um saco, caso contrário teria morrido de fome). Despreocupada como ando, ultimamente, nem me preocupei se era higiénico ou não ir mexer num saco cheio de copos de café.......Azar.....mas que soube bem soube.... só me lembra do senhor, atrapalhadíssimo a oferecer-me dinheiro para comer qualquer coisa...como se a máquina ambulante que fornece os guloços e tendencialmente fortes, me saciasse a fome com bolachinhas ou barras de cereais.....
Coitado do homem, cada vez que vir um saco, irá pensar mil vezes antes de a jogar fora....

2 comentários:

Andarilho disse...

Olá
Isso seria a minha cara fazer o mesmo. Eu estou-me nas tintas para essas coisas! Mesmo quando estou a comer e deixo cair no chão, apanho e como, se não tiver muito sujo.
Coitado do homem... Eu, nesse tipo de situações, fico mais constrangido do que a pessoa que fez o disparate. LOL

BJO.

mar disse...

Olá, não é que eu tenha muito a comentar nesta situação da sande no caixote do lixo... mas depois de ter lido o post abaixo, confesso que não tive coragem de fechar a página sem dizer qualquer coisita...
Bem, eu estou do lado do Sr que deitou a sande para o lixo. Afinal, não sabendo a quem pertencia; possivelmente nem sabia o que é que estava dentro do embrulho; pode até ter pensado que aquilo era um presente envenenado para um prof e que, ao deitar aquilo para o lixo estava a salvar uma vida; quem sabe até não terá pensado que aquilo era qualquer coisa ligada à Al-Qaeda!!! Ao deitar aquilo para o lixo salvaria uma quantidade de gente...!!!! Bem, concluindo, ele só estava a fazer o seu trabalho: limpar a sala, certo??? De todas as formas, ainda bem que conseguiste recuperar a sande.
Estes raciocínios "à Kafka" são um bom exercicio matinal.
E pronto, aqui fica um comentariozinho... prometo voltar mais vezes. E acho gira a ideia de "Casa dos Quadros". E os quadros também são muito giros.
Um dia muito bom para ti.
Beijinho