Seguidores

quinta-feira, 3 de julho de 2008

DIA NÃO...

HOJE ACORDEI IRRITADA SEM RAZÃO PARA TAL.
COMO ME ODEIO QUANDO ME SINTO ASSIM, TUDO ME IRRITA, TUDO ME TIRA DO SÉRIO. PARA PIORAR AS COISAS, TENHO DE SAIR DE CASA PARA IR ALMOÇAR COM UMA AMIGA. ATÉ O SIMPLES FACTO DE NÃO PODER/QUERER DIZER QUE NÃO ME IRRITA. É NESTE MOMENTOS QUE ME LEMBRA ANTÓNIO VARIAÇÕES. ESTE É UMA DAS PESSOAS QUE ,APESAR DE ESTAR TÃO LONGE, NUNCA ESQUEÇO. NÃO SEI SE É DO "ESTOU BEM ONDE NÃO ESTOU, VOU ONDE NÃO QUERO IR......!!!!!!"
EM CONSIDERAÇÃO A ESTE "GRANDE HOMEM", ESCREVO ESTE POST.
UM BEM HAJA.......
MORTE À IRRITAÇÃO INJUSTIFICADA! MORRA A IRRITAÇÃO INJUSTIFICADA, MORRA PUM!

2 comentários:

Ana GG disse...

Calculo que sejas a melocoton, só podes ser por exclusão e partes...
Depois do coment que me fizeste vim ler-te não é que me deparo com este texto!...juro que não te plageei, foi mesmo uma explosão incontornável de mau humor! ;)
sorrisos

melocoton disse...

Sê bem vinda à casa dos quadros e bigada pela visita...

Sabes que é muito giro as coincidências! Normalmente, temos uma tendência natural para considerarmos que há coisas que só nos acontecem a nós, mas com o passar do tempo, verificamos que somos tão semelhantes, que deita por terra qualquer das nossas afirmações "sou diferente de toda a gente".
Estou a ler um livro de Orhan Pamuk, um turco, que se chama "A Vida Nova" (logo farei uma reflexão sobre o mesmo, neste mesmo blog) e qual não é a minha surpresa que relata comportamentos que o homem tem aquando da sua adolescência...É incrível como a expressão "Deus fez o homem à sua semelhança" é realmente uma verdade irrefutável.
bjs